Pular para o conteúdo principal

Palavra do Reitor

Moção de repúdio às declarações do Ministro da Educação e do Presidente da República

O curso de Filosofia do Centro Universitário Assunção – UNIFAI – vem a público manifestar total repúdio às recentes declarações e atos do Presidente da República, Jair Bolsonaro, e seu Ministro da Educação, Abraham Weintraub, no que diz respeito: (a) à redução de investimentos públicos direcionados para a área das Ciências Humanas, mais especificamente para as disciplinas de Filosofia e Sociologia; (b) à redução de verbas destinadas às universidades federais (como a UFF, a UFBA e a UnB) sob a vazia e infundada alegação dessas instituições promoverem, nas palavras do Ministro, “balbúrdia, algazarra e evento ridículo” – redução que, inclusive, fere princípios constitucionais; (c) e, por fim, à afirmação completamente inverídica do Presidente de que as universidades públicas não produzem pesquisa qualificada.

 

Cabe ressaltar também que a afirmação do Presidente de que é preciso “focar em áreas que gerem retorno imediato ao contribuinte”, além de enganosa, já que ignora completamente o papel fundamental de formação humana intrínseco a toda forma de conhecimento, contrapõe-se ao Art. 205 da Constituição Federal, o qual estabelece como objetivos para a Educação: i) o pleno desenvolvimento da pessoa; ii) seu preparo para o exercício da cidadania; e iii) sua qualificação para o trabalho.

 

O posicionamento do atual Governo, ao minimizar a importância e a centralidade das disciplinas como a Filosofia e a Sociologia para o processo formativo de qualquer cidadão crítico e partícipe ativo da construção de uma nação próspera, parece esquecer algo que é ainda mais caro para a jovem democracia brasileira: o imensurável prejuízo causado pelos mais de vinte anos de ausência das mesmas nas escolas públicas do país, lacuna pedagógica causada pelos governos ditatoriais.

 

O curso de Filosofia do Centro Universitário Assunção – UNIFAI –, em consonância com o posicionamento de TODAS as universidades sérias deste país, manifesta, pois, seu repúdio, ao descaso pela coisa pública manifesto pelas falas e ações do atual Presidente e seu Ministro e sua flagrante desqualificação ao lidar com temas tão preciosos. Apenas uma sociedade marcada pelo despreparo político e pelo desconhecimento de seus próprios direitos fundamentais, poderia negligenciar o papel que as Ciências Humanas exercem para a consolidação de um país mais justo e mais igual.

 

 

 

 

 

Prof. Dr. Pe. Edélcio Ottaviani

Em nome do colegiado de Filosofia do

Centro universitário Assunção - UNIFAI

 

São Paulo, 03/05/2019

Reitor

Prof. Dr. Pe. Edelcio Ottaviani

Reitor do Centro Universitário Assunção - UNIFAI